quarta-feira, 7 de maio de 2008

Improbabilidade

Em meio a todas as dificuldades que enfrentamos, em meio a todas as impossibilidades de êxito, apenas uma lei, a lei da própria vida.

Tudo continua a mover-se incessantemente, em fluxo contínuo, e nada nem ninguém pode impedir que avance seu caminho.

Olho da janela e vejo todo o movimento, percebo quantas coisas parecem estar se movendo em plena ordem do dia, os faróis em sincronismo, os carros a esperar, a mãe que segura o filho pela mão para levá-lo à escola, o saco de arroz na prateleira da venda vizinha, o combustível na bomba de gasolina, a luz que acende, a água quente do nosso banho limpo, a conta para pagar.

Embora absolutamente improvável, em meio ao caos e desgovernança, a lei da improbalidade da vida.

Tudo funcionando, milhões de pessoas servindo umas às outras, estendendo a mão.

Não seria isso o que esperamos e queremos da vida?

Talvez simplesmente não conseguimos ver a ordem por trás de todas as coisas.

Nenhum comentário: