sábado, 3 de fevereiro de 2007

Mourid Barghouti, "Eu Vi Ramalah"



Eu Vi Ramalah é um brilhante relato pessoal do autor Palestino Mourid Barghouti, que desde 1967 foi exilado pela invasão de Israel na Palestina.

Barghouti, originalmente um poeta, descreve a sensação de retornar a sua cidade natal após 30 anos de exílio.

O relato se aproxima muito de tudo aquilo que viveram os imigrantes que chegaram ao Brasil.

Um livro que considero imperdível do ponto de vista político.

Nenhum comentário: