domingo, 4 de setembro de 2005

Tara Verde



Uma das deidades do Budismo que mais aprendi a respeitar é a Tara Verde.

Tara (que significa "estrela" é um Bodisatva da Compaixão. Ela representa compaixão na ação e por isso sua perna direita está ligeiramente adiante indicando que ela está pronta para a ação, a qualquer momento, para nos ajudar. A perna esquerda recolhida indica sua renúncia das paixões mundanas. Ela usa os ornamentos que indicam a conquista da perfeição da generosidade, moralidade de alguém quem tomou os votos Mahayana de alcançar o Budato para o benefício de todos os seres. Ela leva os três lotus: um botão, um meio-aberto e um totalmente desabrochado. Isto simboliza desdobramento espiritual; ou que ela, a manifestação corpórea das atividades iluminadas, é a Mãe dos Budas do passado, presente e futuro.

O mantra da Tara Verde é: Om Taare Tuttaare Ture Svaahaa ou Om Tare Tuttare Ture Soha

OM significa os sagrados: corpo, fala e mente de Tara. TARE é a liberação do sofrimento verdadeiro, o sofrimento do samsara, nossos agregados que estão sob o controle da desilusão e do karma. TUTTARE , a liberação dos Oito Grandes Medos; internos e externos; das desilusões e também do karma. TURE , a liberação da ignorância da absoluta natureza do Eu. Ela mostra a verdadeira cessação do sofrimento. SOHA significa "possa o significado do mantra se enrraizar em minha mente."

(fonte: site http://www.salves.com.br/taragreen.htm)

Nenhum comentário: