terça-feira, 13 de setembro de 2005

Negatividade: Ela está ai!


Não adianta espernear, correr, fingir que não é com agente. A negatividade está ai, e temos que encará-la de frente.

A bem da verdade, todo esse conteúdo interno que é nosso impedimento maior para uma vida saudável e feliz, é criado por ninguém que nós mesmos, difícil vencer uma batalha quando seu pior inimigo é você mesmo!

Identificar a negatividade tem sido meu esforço constante, olhar para ela de frente e ver o que ela tem a me dizer, de onde vem esses medos. Algumas vezes ela me parece tão real, tão sólida que chega a pegar no físico, como eu ando, como eu me coloco no mundo.

Olhar para ela é ruim, eu odeio, mas o esforço do trabalho é compensador, porque quando vamos nos livrando das falsas idéias, das crenças, do pensamento de fundo, das idéias de como somos que só nos emperram e do medo do futuro, encontramos grande liberdade para percorrer o mundo.

Tudo fica magicamente mais leve, tranquilo, sem esforço.

Padma Samten no retiro de Mairiporã sugeriu até que tenhamos um caderno de anotações para ali colocar todo nosso "lixo mental", todos os nossos medos e frente a eles, recitar o Mantra do Prajna Paramita. Okay! Se voce não é budista, também pode fazê-lo anotando tudo e orando frente a eles.

Uma vez sonhei que estava sendo perseguido por um grande monstro, enorme, de aspecto abominável. Não tinha coragem de olhar para ele de frente, corria em desespero.
Então, naquela aflição resolvi virar e ficar frente a frente com ele, olhando diretamente em seus olhos. Ainda por um segundo estive entre o pânico de olhá-lo e ele a mim, mas quando sustentei o olhar, ele sumiu bem na minha frente e encontrei a paz.

Assim são nossos medos mais profundos, não possuem realidade absoluta, são criações da nossa mente. Vamos encará-los de frente e nos livrar deles!

(foto: do filme da Pixar: Monsters S/A)

Nenhum comentário: